LondonEye_1
LondonEye_2
LondonEye_3

4 curiosidades sobre London Eye

Um dos símbolos da cidade inglesa, London Eye – por um tempo – foi considerada a maior roda gigante do mundo, lá no final dos anos 90, por causa dos seus 135 metros. Ela fica às margens do famoso e icônico rio Tâmisa. Hoje, quem detém esse título de maior roda gigante do mundo é a High Roller (167 m), localizada em Las Vegas (nos EUA). Em segundo lugar está a roda gigante Estrela Nachang (tem 160 metros), se localiza na China. London Eye também nasceu propositalmente para celebrar a virada do milênio.

Mesmo não sendo a roda gigante mais alta do planeta, ela mantém o título de maior edifício da cidade e tem lá o seu prestígio. De certa forma, a atração britânica não perdeu sua “imponência”, sendo um dos pontos mais famosos de Londres e do Reino Unido. Confira abaixo mais curiosidades e fatos inusitados relacionados ao local.

Roda gigante para contemplar a cidade

O projeto inicial de London Eye sempre propôs viabilizar uma roda gigante que tivesse uma função, além da esperada para esse tipo de atração, mas que oferecesse uma alternativa para “sentir” e contemplar Londres do alto. E lá, nas alturas, é possível admirar pontos da cidade que estão a 25 milhas a distância da roda gigante. Num dia de sol, por exemplo, as pessoas podem ver o Castelo de Windsor, como cita o site “I Love Journays”.

Mais visitas que as famosas pirâmides do Egito e o indiano Taj Mahal?

O site estrangeiro aponta uma estatística curiosa: London Eye recebe mais visitantes do que as pirâmides egípcias e o famoso Taj Mahal, na Índia. No caso, todos os anos mais de 3,5 milhões de pessoas (turistas e moradores) visitam o ponto turístico europeu. Lembrando que a roda gigante tem capacidade para transportar 800 passageiros por vez. Para visitar o lugar, é preciso pagar em torno de US$ 19 (algo como R$ 65 – em cotação feita no dia 14 de maio).

Ponto famoso na virada para o Ano-Novo

A roda gigante também é o principal cenário para receber o Ano-Novo na cidade europeia, em meio aos fogos de artifícios e outras atrações. E nessa época do ano, pessoas de várias partes do mundo se programam para passar a virada de ano por lá. Existem alguns roteiros e pacotes pagos, para ter acesso à programação prevista. E quem quiser reservar entrada para o próximo réveillon, é possível já comprar os ingressos. Confira informações aqui.

Casamento Real – Luzes com as cores da bandeira britânica

Nos primeiros meses de 2011, quando o mundo inteiro parou para ver o príncipe William e Kate Middleton se casarem, London Eye ganhou iluminação com as cores da bandeira britânica para celebrar o casamento do século. Inclusive, é possível até ter uma cerimônia de casamento no ponto turístico. Os valores podem ser salgados, mas a experiência pode valer a pena. No Brasil, existe uma empresa que organiza esse tipo de evento, confira outros dados aqui.

The following two tabs change content below.
Letícia Veloso

Letícia Veloso

Jornalista com experiência em rádio, TV e web at monvoyage.net.br
Muita predileção por literatura, filmes de arte, destinos turísticos exóticos e heavy metal clássico.

Não há Tags

504 visualizações, 3 hoje