push
doors

Não “push”, empurre!

Essa semana publiquei uma foto que gerou vários comentários e despertou a curiosidade de muitos! Se você já veio a Londres ou a qualquer outra cidade ou pais onde a língua nativa seja o inglês, você já passou por isso. Não minta!

Moro em Londres há aproximadamente 11 anos, e mesmo depois de formado na faculdade e cursado o nível avançado de inglês em Londres, continuava puxando ao invés de empurrar (quase) todas as vezes que me deparava com o sinal “push” em alguma porta.

Convivendo com outros brasileiros em Londres e também com outros estrangeiros, cheguei a uma conclusão que me trouxe um alívio imenso: não era o único a pagar esse mico diariamente!

doors

Devo confessar, no entanto, que no início desse ano li um livro sobre nossa capacidade mental (The Chimp Paradox), onde o autor ensina a criar respostas automáticas para reações negativas do seu dia a dia, e eu adaptei esse ensinamento com a questão descrita nesse artigo. Minha solução: push = empurre. Criei então esse “gancho mental” que me habilitou a vencer esse obstáculo. Finalmente!!! Não parou por aqui.

Recentemente vim ao Brasil por conta de alguns compromissos pessoais e outro problema surgiu. Puxe = empurre. Não acreditei! Minha mente, depois de treinada a reagir com a ação de empurrar todas as vezes que lia a palavra “push” estava agora me levando a ter a mesma reação ao ler a palavra “puxe”.

Fico sem uma conclusão específica, mas agora, ainda estando no Brasil, procuro uma solução mais permanente e bilíngue que tome o lugar da minha solução inicial… ahaha. Estou aberto para ouvir suas ideias, sugestões e experiências pessoais sobre o assunto! Sério!!!!

Espero que minha experiência possa trazer um alívio a leitores que possivelmente tiveram a mesma experiência todas as vezes que se depararam com o sinal “push”. Espero também que tenha sido um conteúdo informativo para aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de visitar Londres, mas que em breve irão. Para recapitular: push = empurre.

Boa viagem!

The following two tabs change content below.
Daniel Rodrigues

Daniel Rodrigues

Fundador do To Em Londres e Designer Gráfico
Deus em primeiro lugar! Essa é a minha vida. Surfo, pratico Artes Marciais e louvo a Deus com o meu violão. No meu tempo livre, eu trabalho (Eu tenho muito tempo livre!).

Não há Tags

840 visualizações, 2 hoje