Pixabay
Pixabay1
Rainha Vitória - Wikipedia
Repordução- YouTube

Tudo o que você precisa saber sobre o Palácio de Buckingham

Residência oficial da rainha Elizabeth 2ª em Londres, o Palácio de Buckingham é um dos símbolos mais importantes da cultura britânica. O imóvel foi construído em 1703. No ano de 1761, ele foi adquirido pelo rei George 3º, segundo reportagem da BBC. Mas foi na era vitoriana que o palácio se tornou, de fato, a residência oficial dos monarcas do Reino Unido.

Lembrando que algumas áreas do palácio estão disponíveis para a visitação pública, mas há salões e cômodos apenas reservados para a família real e convidados, como chefes de Estado. As entradas para o público custam em torno de £20.50 (adultos), £18.80 (estudantes e pessoas acima de 60 anos), além de entrada gratuita para crianças de até 5 anos. Bom, reunimos abaixo mais algumas curiosidades sobre o imóvel. Boa leitura!

Residência da rainha Vitória

Foi em 1837 que a rainha Vitória, que acabava de assumir a coroa britânica, se mudou para o palácio. Alguns relatos citam que o interior do imóvel, nessa época, não possuía boa ventilação e, de fato, o ambiente interno não apresentava um bom odor.

Dez anos depois, já casada, a rainha e o príncipe Albert decidiram construir um ala, pois consideravam o palácio pequeno para a família. Quando a rainha Vitória ficou viúva, ela deixou o imóvel e se mudou para o Castelo de Windsor.

Por ano, cerca de 50 mil pessoas visitam o local

O famoso palácio recebe, anualmente, cerca de 50 mil pessoas, entre eventos que incluem almoços, banquetes, jantares, ou mesmo, encontros especiais nos jardins reais.  O local abriu as portas ao público pela primeira vez em 1993, segundo reportagem do G1 (publicada em julho de 2015). Em relação a convidados, o lugar costuma receber aproximadamente 150 pessoas por ano, dentre membros da realeza, a líderes e chefes de Estado de várias partes do mundo.

Galeria da rainha

Um dos ambientes mais visitados do Palácio de Buckingham, a Galeria da Rainha traz joias, itens e acessórios diversos da família real, além de obras de arte. O local era uma antiga capela, que foi bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial (1939- 1945).

Mais de 770 cômodos e 52 quartos

Hoje, o imóvel tem mais de 770 cômodos e conta com acervo generoso de quadros, porcelanas e outros objetos luxuosos e caros. No total, há também 19 salões, 52 quartos (reservados para a família real e convidados), além de 188 quartos – destinados para funcionários, segundo informações da reportagem da BBC. O palácio possui ainda cerca de 78 banheiros.

A área total do imóvel é de 77 mil metros quadrados e alguns setores precisam de reforma. Neste caso, inclusive, a imprensa mundial mencionou – no final de junho deste ano –  a possiblidade de que haja uma reforma no encanamento. Então, a rainha Elizabeth teria de se mudar do palácio, ao menos, até que a reforma seja concluída. Na ocasião, foi divulgado que a medida custaria cerca de 150 milhões de libras aos cofres britânicos.

The following two tabs change content below.
Letícia Veloso

Letícia Veloso

Jornalista com experiência em rádio, TV e web at monvoyage.net.br
Muita predileção por literatura, filmes de arte, destinos turísticos exóticos e heavy metal clássico.

Não há Tags

941 visualizações, 2 hoje